Prefeito Neto Barreto Veja o vídeo e o que aconteceu na Cidade de Joaquim Nabuco-Pe quarta-feira


 

Veja o vídeo e o que aconteceu em Joaquim quarta-feira.



Após entrevista transmitida na última quarta-feira ( 07 ), o prefeito Neto Barreto da cidade de Joaquim Nabuco. Zona da Mata  Sul do Estado, tem mostrado que sua rejeição na cidade tem sido grande. Na entrevista ele fala que os professores podem receber pouco mais de 100 mil reais referente ao Rateio. Não mostrou verdades em suas palavras, nem foi firme e coerente em suas respostas. Afirma que ele não tem oposição, em outro momento fala que a causa da falta de medicamentos e do atendimento básico é invenção da oposição que ele diz não ter na cidade. Mostrou insegurança durante toda à entrevista  e muitos moradores dos Bairros do nosso município citados pelo prefeito afirmaram em comentários em redes sociais e em grupos de WhatsApp que o mesmo não falou a verdade. Moradores dos Bairros e também das áreas rurais de Joaquim Nabuco, relatam que foram esquecidos e não tiveram os programas básicos de saúde e educação voltados para aquelas comunidades, onde os transportes escolares foram suspensos em tempos de chuvas devido as estradas não serem conservadas, os transportes para universitários que estudam fora da cidade não foram de qualidades, ônibus com assentos precários, a saúde faltando medicamentos, unguentos e atendimentos, os pacientes na maternidade eram transferidos para o Hospital Regional dos Palmares, cidade vizinha de Joaquim Nabuco. Estava mais preocupado em falar de seu concorrente político Lírio Júnior do PSB 40 e dos administradores passados, esquecendo assim de aproveitar o tempo para explanar seus projetos de Campanha. Vários projetos que na eleição passada prometeu  e não saiu do papel. Quando perguntado sobre o campo de Cuiabá, na verdade ele não soube nem responder qual plano seria executado no local.

Já pela noite na reunião da Câmara de vereadores, o falatório é que líderes do partido da situação haviam solicitados que militantes fossem tumultuar na porta da Câmara, causando violência, baderna, confusão e uma afronta à nossa Democracia.

Postar um comentário

0 Comentários